A partir de hoje, a Ryanair só permite uma mala na cabine

Esta segunda-feira, a Ryanair irá implementar as novas regras de bagagem de cabine. A maior alteração impede que passageiros sem embarque prioritário levem malas na cabine.

A nova política de bagagem da Ryanair entra em vigor já esta segunda-feira. A partir de hoje, se viajar através da companhia aérea low-cost vai poder levar apenas uma mala (mala pessoal conta como mala) na cabine. A segunda, de maior peso, terá de ir obrigatoriamente para o porão.

Mas, em vez de 15 quilos, a Ryanair vai permitir que as malas tenham até 20 quilos. Para além de poderem levar mais peso na mala de cabine, os clientes vão pagar menos dez euros por uma mala de porão.

Os passageiros sem embarque prioritário continuam a ter direito a duas malas. No entanto, a maior terá de ser colocada no porão, sem qualquer custo adicional. Só os passageiros com embarque prioritário vão poder levar as duas malas consigo na cabine.

De acordo com as novas regras, a mala pequena “não pode ultrapassar os 35x20x20cm e deve caber facilmente por baixo do assento”. Esta decisão foi tomada após o aumento dos atrasos, causados pela falta de espaço nas cabines.

“Esperamos que os nossos clientes apreciem estas novas políticas de bagagem que se centram em preços mais baixos e aumento no peso permitido em bagagem de porão”, disse Kenny Jacobs, diretor de marketing da companhia aérea, citado pelo Eco.

O não cumprimento das novas regras resultará numa taxa de 50 euros por mala, cobrada na porta de embarque. A Ryanair estima que estas alterações custem cerca de 50 milhões de euros à própria empresa.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here