Airbnb gerou mil milhões de euros em Portugal em 2016

O Airbnb calculou pela primeira vez o impacto económico da sua plataforma em Portugal, revelando que, em 2016, 1,6 milhões de turistas ficaram hospedados em casas de anfitriões portugueses.

Segundo o estudo do Airbnb, citado pelo Jornal Económico, esses 1,6 milhões de turistas (mais 75% do que em 2015 – 912 mil pessoas) geraram um impacto económico no valor de 1,07 mil milhões de euros no ano passado.

Isso significa que os anfitriões portugueses, que por norma recebem 97% do dinheiro, receberam 166 milhões de euros.

Em Lisboa, os anfitriões angariaram 72 milhões de euros, no entanto, o lucro é bem maior uma vez que os 718 mil hóspedes que chegaram à capital gastaram 404 milhões de euros. Ou seja, feitas as contas, o impacto económico de anfitriões e hóspedes fica num total de 476 milhões de euros.

A plataforma indica ainda que, entre maio e dezembro de 2016, entregou à Câmara de Lisboa 1,74 milhões de euros (pela coleta da taxa de um euro por pernoita) e, no primeiro trimestre deste ano, já deu mais 1,1 milhões.

Em média, um anfitrião em Portugal partilha a sua casa 39 noites por ano, obtendo um rendimento de 3.600 euros anuais, divulgou ainda a empresa.

A Airbnb adianta que, atualmente, existem 53 mil anúncios na plataforma em Portugal. No final do ano passado, 13 mil destes anúncios eram apenas em Lisboa.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here