Dez destinos de arte urbana

d.r. endlesscanvas.com

Pixel Pancho e Vhils nas ruas de Lisboa

Catalogada durante muitos anos como vandalismo de rua, a arte urbana é atualmente bastante respeitada e admirada, sendo muitos os organismos e associações locais que fomentam esta expressão artística como modo de decoração de espaços públicos através de grafitis, pósteres, estampagens e muros que tentam surpreender e fazer pensar por quem lá passa.

A arte de rua transformou-se numa atração turística para muitos destinos e apresenta-se como uma forma diferente de conhecer uma cidade. O AEIOU e o motor de busca de voos e hotéis momondo.pt apresentam uma seleção de 10 destinos internacionais onde poderá encontrar as melhores obras de arte urbana.

 

1 Londres (Reino Unido)

A capital britânica é um íman para os amantes da arte urbana. Ainda que Bansky e companhia já decorassem as ruas da cidade há largos anos, foi em 2008 que este movimento artístico recebeu um grande apoio por parte dos cidadãos, graças à iniciativa do Tate Modern que expôs os trabalhos de seis artistas urbanos reconhecidos por todo o mundo. Para ter uma ideia do que lhe espera em Londres, passe por Brick Lane, Shoreditch, Soho ou Brixton.

 

2 Los Angeles (EUA)

No que respeita à arte urbana, a cidade californiana não tem razões nenhumas para se sentir inferior a Nova Iorque. Los Angeles foi uma das pioneiras do movimento grafiti e o seu padrão artístico evoluiu dos muros coloridos em zonas perigosas para obras expostas em museus importantes como o MOCA. Artistas como Bansky, Retna, David Choe ou Shepard Fairy fizeram de L.A. a tela perfeita para capturar a sua criatividade. As melhores áreas onde poderá contemplar arte urbana são La Brea Boulevard, LA Arts District e Melrose Avenue.

 

3 Lisboa (Portugal)

As numerosas vivendas históricas abandonadas no centro de Lisboa são o pano de fundo perfeito para dar rédea solta às mais coloridas expressões artísticas. O projeto Crono, que teve lugar em 2010, ajudou a captar a atenção de talentos locais e internacionais e os irmãos brasileiros Os Gémeos foram alguns dos que deixaram a sua marca pessoal na cidade. Basta dar um passeio pelo Bairro Alto para desfrutar de um autêntico museu ao ar livre.

 

4 Cidade do México (México)

A arte urbana na Cidade do México deve-se muito à iniciativa All City Canvas. Em 2012, este festival convidou artistas como El Mac ou Roa a decorarem alguns dos edifícios mais emblemáticos da cidade, incluindo os escritórios do El Universal, um dos maiores jornais mexicanos. O centro histórico é rico em murais surpreendentes: vá a Tlatelolco e não perca o edifício Chihuahua, a Rua Juárez ou o Hotel Reforma Avenue.

 

5 Bristol (Reino Unido)

Nick Walker, Phlegm, Rowdy, Inkie, Smug… Muitos artistas urbanos iniciaram a sua carreira nesta cidade situada a Sul de Inglaterra, mas foi o famoso Banksy quem realmente popularizou a arte de rua em Bristol. Alguns dos seus trabalhos mais apreciados podem ser encontrados aqui, como a pintura da mulher infiel, o seu marido e o amante pendurado na janela. Nos dias de hoje é uma das maiores atrações turísticas da cidade e tem inclusivamente visitas guiadas que percorrer nomes artísticos como M Shed, Nelson Street, Gloucester Road ou Bedminster.

 

6 Belfast (Reino Unido)

O conflito da Irlanda do Norte foi uma importante fonte de inspiração para a arte urbana. As centenas de murais que cobrem os muros de Belfast abordam temas políticos, culturais e religiosos, onde alguns dos quais mostram-se verdadeiramente impactantes para quem os contempla. O muro gigante da Paz é o local perfeito para observar murais que relatam visualmente os conflitos e os momentos de maior relevância política para a Irlanda do Norte.

 

7 Melbourne (Austrália)

A cidade australiana assumiu-se durante muito tempo como um destino imprescindível para admirar stencils impressionantes (técnica usada para aplicar um desenho ou ilustração, sendo também uma forma popular de fazer grafiti), especialmente depois do Stencil Festival que se realizou em 2004. Pode encontrar, na zona financeira, uma grande quantidade de exemplos de arte urbana. Hosier and Rutledge Lane, Union Lane, 21 Degraves Street ou Cnr Flinders Lane and Cocker Alley são alguns dos locais-chave que deverá incluir na sua visita.

 

8 Berlim (Alemanha)

As primeiras obras de arte de rua em Berlim surgiram através da construção do muro em 1961 e hoje é uma das mecas internacionais para os amantes da arte urbana. A mítica East Side Gallery alberga murais que anteriormente decoravam o muro com obras modernas. No Bairro de Kreuzberg, podem ver-se murais enormes de Blue ou dos brasileiros Os Gémeos, por exemplo. Mitte é também outra zona que aloja alguns dos melhores exemplos de arte urbana da cidade.

 

9 Bogotá (Colômbia)

A arte urbana chegou à capital colombiana há relativamente pouco tempo, mas fê-lo em força. Perscrutar as ruas desta cidade vibrante é desfrutar tanto do talento de artistas locais como internacionais, através de muros bem coloridos. O pitoresco bairro de La Condelaria, a praça de la Concordia, Kennedy, Bairros Unidos ou Chapinero são alguns dos melhores locais para ver mostras de arte de rua.

 

10 Bruxelas (Bélgica)

Além de capital europeia, Bruxelas é também a capital da banda desenhada. São 50 os murais que cobrem as fachadas dos edifícios do centro histórico e os Bairros de Laeken e Auderghem enchem-se de personagens tão icónicas como Tintim, Lucky Luke ou os Smurfs. Este projeto teve a sua génese em 1991 e atualmente é também uma atração turística, ao ponto de existirem diversas empresas que oferecem rotas guiadas a pé ou em bicicleta para apreciar os desenhos.

AEIOU / Momondo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here