Grande Muralha da China – um monumento de perder de vista

Foto de montanha e muralha.

eatswords

A muralha da China é um dos principais monumentos do mundo. Com uma extensão superior a 8000 quilómetros, é uma imponente estrutura, muito importante na história da Antiga China. A muralha foi construída com o intuito de defender o reino da China de invasões dos povos do Norte. Foi considerada Património Mundial pela Unesco e mais recentemente como uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo.

A sua grande extensão não permite ao visitante ver este monumento em apenas um dia. A Muralha vai de Jiayuguan, na província de Gansu até à província de Liaoning, em Yalijiang.

Por atravessar várias províncias e diferentes regiões a sua estrutura é também feita de diversos materiais, pois as pedras e tijolos utilizados provêm de diferentes tipos de rochas.

Foto de passeio com água e montanhas.

Flip Nomad

Atravessa o deserto de Gobi e as várias torres, praças e passagens demonstram a sua importância militar ao longo dos séculos.

As principais portas de acesso à muralha são as Portas de Shanhai, Juyong e Niángzi.

Por ter sido construída ao longo de várias dinastias, a parte mais antiga da muralha está situada em Nanyang, na Província Henan e remonta ao séc. III a.C.

Esta grandiosa estrutura pode ser acedida por vários pontos e cada um deles com uma paisagem única e inesquecível.

Foto de passeio com ávores em tons de outono.

Richard Giles

As partes da muralha mais visitadas situam-se em Badalig, a mais conhecida e acessível, e em Mutianyu, Jinxanling e Simatai.

Estas zonas têm transportes frequentes que partem de Pequim.

Outras áreas visitadas, mas que ficam mais distantes da capital, são Huangyaguan e Shanhaiguan, longe das povoações e situada no meio de colinas verdejantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here