Ilha da Páscoa: local onde assentam sobre o verde os Moai

Foto da praia Anakena da Ilha da Páscoa.

Bradley Stabler

A Ilha da Páscoa é um dos locais mais isolados do planeta, localizando-se a mais de 3200 quilómetros do centro populacional mais próximo (Taiti e Chile) e a mais de 3500 quilómetros da costa sul-americana. É conhecida por ser uma das regiões mais sagradas do mundo e famosa pelos gigantes bustos de pedra, os Moai.

Dada a sua localização geográfica, é comum pensar-se na ilha como fora do alcance da maioria das pessoas, no entanto, existem viagens regulares de Los Angeles e de Sidney para o Taiti, e daí para a Ilha da Páscoa, uma ou duas vezes por semana conforme a época do ano.

Trata-se de uma relevante atração turística, sendo que o turismo é mesmo a principal indústria da ilha.

Foto de vários Moai da Ilha da Páscoa.

Phil Whitehouse

Estas estátuas, que poderão ter até 10 metros de altura, foram esculpidas em rocha vulcânica e retiradas da cratera de Rano Raraku, e refletem a ascensão e a dramática queda da mais isolada cultura da polinésia.

Foto de vários Moai da Ilha da Páscoa de costas.

Andrew Gill

São habitualmente referidas como as “Cabeças da Ilha da Páscoa” devido ao tamanho desproporcional da cabeça da maioria das estátuas.

Trata-se de uma ilha bastante pequena, de modo que facilmente se dá a volta, alugando um carro ou um jipe, e em poucas horas.

As maiores atrações turísticas são, pois, as estátuas Moai. São mais frágeis do que parecem e por isso são tratadas com muito cuidado.

Foto da costa norte da Ilha da Páscoa.

Bradley Stabler

Como locais de interesse, refiram-se também as crateras Rano Kau e Rano Raraku, e a subida até ao lado oposto da cratera de Rano Kau, onde se poderá obter uma vista para o local onde a maioria das estátuas se encontram. Um dos locais mais visitados da ilha.

Desportos aquáticos, como mergulho e snorkling, são duas das atividades que também podem ser praticadas por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here