Mercados alternativos destacam-se no turismo português

PORTUGAL-praca-comercio

Rússia e China são alguns desses exemplos.

França, Reino Unido e Espanha ainda são os países que lideram o topo do turismo português. No entanto, o peso destes países tem vindo a diminuir nos últimos dez anos. Em contrapartida, os turistas russos, chineses e angolanos têm multiplicado os seus gastos em Portugal.

Em conjunto, no ano passado, os turistas franceses, britânicos e espanhóis representam 46,6% das receitas turísticas portuguesas. Tendo sido responsáveis por 34,5% do crescimento registado entre 2012 e 2013.

Por exemplo, no caso do mercado angolano, o crescimento foi gigantesco. Em 10 anos, as despesas feitas por esses turistas aumentou 330%, crescendo de 119,5 para 513,9 milhões de euros.

É de recordar e de salientar que em 2013 as receitas turísticas portuguesas alcançaram um recorde de 9249,6 milhões de euros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here