O Vale do Rift – faça um safari num balão de ar quente!

rogersmithpix

Há 10 milhões de anos, uma enorme porção de terra que se estende ao longo de 6400 km, desde a Jordânia e o Mar Vermelho até ao sudeste africano, afastou-se, dando origem à depressão conhecida como o Grande Vale do Rift. A movimentação massiva de terra e as forças da erosão originaram ecossistemas distintos.

carregue no play para ver fotos

Grande parte do vale é composta por uma série de fendas e canais, nascendo lagos semelhantes a fiordes.

O Lago de Taganyika é o segundo lago de água doce mais profundo do mundo, e cobre 32900 quilómetros quadrados. Ao longo das suas margens existem praias e a vida selvagem é abundante.

O braço oriental do Vale do Rift atravessa a Etiópia, o Quénia e a Tanzânia. Aqui existem lagos ricos em sódio com poucos peixes, mas muitos flamingos atraídos pelas suas algas e outros microorganismos, criando uma imagem surpreendentemente rosa.

Ao longo deste ramo oriental existem encostas vulcânicas como o Monte Kilimanjaro e o Monte Quénia.

Neste vale abundam elefantes, girafas, zebras, guns, leões e leopardos, entre outros.

Poderá observar todo este espetáculo do céu, alugando um balão de ar quente!

A época ideal para visitar o Vale do Rift vai depender da zona para onde for. Para a Tanzânia é entre junho-julho e dezembro-janeiro, para o Quénia entre agosto-setembro e outubro epara a Etiópia dezembro-janeiro.

Divirta-se num safari de vida selvagem, safaris em camelo, em balão ou de bicicleta, faça percursos de montanha, rafting e mergulho.

Tenha apenas muita atenção a certas doenças como a malária, cólera e febre-amarela e tome as devidas precauções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here