Parque Nacional da Chapada dos Guimarães – Ecoturismo no Mato Grosso, Brasil.

Daniel Rosendo

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é uma unidade de conservação no centro-sul do Brasil, localizado no Mato Grosso, no município de Chapada dos Guimarães, a 40 km ao norte de Cuiabá, com uma área total de 330 quilómetros quadrados. A região é uma reminiscência do sudoeste americano e surpreendentemente diferente do terreno típico do Mato Grosso. Chapada dos Guimarães é um das mais belas formações de rocha vermelha, com interessantes sistemas de cavernas, vales verdes e campos.

carregue no play para ver fotos

A área que circunda o Parque tem inúmeras atrações. As principais atrações são as cascatas do Véu da Noiva (86 metros de queda), o Circuito das Cataratas (de sete cascatas) e o Morro de San Geronimo (836 metros acima do mar, nivelado e acessível a pé).

A caminho de Cuiabá para a cidade de Chapada, passa-se o Rio dos Peixes, o Rio Mutaca e o Rio Claro, que são pontos de banho populares do fim de semana para Cuiabános e três imponentes vales, Vale do Salgadeira, Vale do Paciéncia e Vale do Rio Claro.

A queda de 80m chamada Portão do Inferno também é inesquecível. No início do século XX era a cidade de ‘prisão’.

Só recebendo status de Parque Nacional em 1989, o excelente Parque Nacional da Chapada dos Guimarães continua a ser um dos parques naturais mais impressionantes do Brasil.

As duas vistas excecionais dentro do Parque são a cascata Véu de Noiva e a Cidade de Pedra. Há um centro de visitantes na entrada do Parque.

O impressionante Véu de Noiva, uma cascata em queda livre de 86 m, é o cartão-postal do Parque. É cerca de 15 km a oeste da cidade de Chapada dos Guimarães.

Mas é Cidade de Pedra que fornece mais momentos transcendentes. Irregulares formações rochosas de arenito no topo das falésias.

Também pode visitar a Caverna Aroe Jari e lagoa azul é considerada uma das maiores cavernas de arenito do Brasil, com cerca de 1.400 m de comprimento. Nos seus interiores existem diversas cascatas para além do Lago azul, com uma água azul cristalina que reflete nas paredes.

Existem cerca de 100 cascatas, muitas cavernas, grutas, mais de 46 locais com inscrições rochosas e fósseis de animais pré-históricos, um verdadeiro tesouro para a humanidade.

O Parque é lar de uma variedade de pássaros não encontrada no Pantanal e muitos animais vivem no Parque: raposas, antas, tatus, onças, araras, tucanos e maritacas.

O clima da região é semi-húmido, com temperatura média anual de 24ºC, máximas de 30ºC e mínimas de 18ºC. O período chuvoso é entre os meses de dezembro e abril. O clima agradável com temperaturas baixas é no inverno, principalmente em julho e agosto.

A melhor época para visitar é o outono, com dias mais claros, menos chuva e noites mais frescas.

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães tem o reconhecimento nacional e internacional como um dos melhores destinos de Ecoturismo no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here