Pequim – a cidade proibida, na China

Pequim

Andre Deak

Pequim ou Beijing, conhecida como a cidade proibida, situa-se no norte do país. Tem uma população superior a 10.5 milhões de habitantes, é a capital e a segunda maior cidade da República Popular da China. Pequim foi a capital do Império chinês entre 1421 e 1911, no entanto perdeu esse estatuto em 1912 para a cidade de Nanquim, recuperando-o depois em 1949.

carregue no play para ver fotos

A cidade de Pequim é um lugar no qual um simples passeio pela cidade, é uma viagem no tempo.

A visita pela cidade pode começar pelo palácio imperial ou Cidade Proibida, construída em 1420, este foi residência oficial dos imperadores chineses durante 500 anos e continua praticamente inalterado, tal como era no momento em que o último Imperador a deixou.

Em volta do fosso da cidade proibida foram construídas as tradicionais hutongs, bairros cheios de aromas, movimento e som, com pequenas vielas, pátios e longos corredores, que nos remetem para o mesmo estilo de construção, da cidade proibida.

Mas, para melhor sentir e vivenciar a história da China, deve percorrer a praça de Tiananmen, a praça da paz celestial, o lugar onde ocorreu o massacre dos estudantes, em 1989 e onde se encontra embalsamado o corpo do líder comunista Mao Tse-tung.

Outros dos monumentos de rara beleza e de passagem obrigatória numa visita a Pequim, são o enorme Palácio de verão, onde pode admirar os colossais lagos e edifícios, o Templo do Céu e a sua construção simétrica, mas consonante.

Para terminar a visita à cidade, realizar os famosos passeios aos excertos da Grande Muralha que incluem partes totalmente reconstruídas e algumas das ruínas originais, assim como uma visita aos túmulos das dinastias Ming e Quing.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here