Porto é a cidade mais cara do país para a passagem de ano (e está esgotado)

A passagem de ano no Porto é a mais cara do país. Na cidade nortenha, os preços praticados são mais do dobro, face aos do ano passado.

O alojamento local no Porto está praticamente esgotado. Este ano, os preços praticados no Porto e em Lisboa são muito superiores aos registados em dezembro do ano passado, mas não foram os preços altos que fizeram com que a adesão diminuísse. Pelo contrário.

De acordo com a plataforma AirDNA, os preços aumentaram 76,5% em Lisboa e no Porto mais do que duplicaram, 126%. A tarifa mediana para a passagem de ano é de 113 euros em Lisboa e de 129 euros no Porto.

Segundo o Dinheiro Vivo, a explicação para este aumento de preço está na escassa oferta de alojamento para o Ano Novo, com apenas 356 unidades no Porto, e no forte aumento da procura turística, em muito proporcionado pela maior notoriedade internacional dos destinos nacionais.

Eduardo Miranda, presidente da Associação do Alojamento Local, disse ao Dinheiro Vivo que a subida de preços “é normal numa altura de maior procura como a passagem de ano”.

Ainda assim, Eduardo Miranda refere que os preços médios de T0 e T1 arrendados no porto para a noite de 31 de dezembro estão entre os 74 e os 78 euros. A plataforma contabiliza taxas extra, deixando os valores inflacionados, explica o presidente.

A associação está agora a trabalhar na criação de uma ferramenta específica para o alojamento local português.

Passagem de ano sem chuva

Na noite de passagem de ano podem registar-se aguaceiros em alguns locais do país, mas com fraca probabilidade, anunciou esta sexta-feira o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, na tarde de dia 31 de dezembro em Portugal continental prevê-se a ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões Norte e Centro, tornando-se moderada a partir do início da tarde e estendendo-se à região Sul, passando gradualmente a regime de aguaceiros fracos e pouco frequentes a partir do final da tarde.

“Deste modo, a tendência atual para a noite de passagem de ano é de ocorrência de aguaceiros em alguns locais, embora com baixa probabilidade“, refere a entidade em comunicado.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here