Praga proíbe bicicletas no centro histórico. E a medida está a dar que falar

A capital da República Checa vai proibir a circulação de bicicletas nas rotas pedestres do centro histórico da cidade, todos os dias, entre as 10h00 e as 17h00.

Os ciclistas vão ser banidos das rotas de pedestres no centro da cidade de Praga, na República Checa. A proibição será válida todos os dias, das 10h00 às 17h00.

Segundo o Diário de Notícias, o município de Praga 1, cuja jurisdição cobre os principais bairros históricos, anunciou esta medida como uma contribuição para a segurança dos turistas. Em 2016, a cidade já tinha proibido o uso de Segways, mas agora a proibição abrange todo o tipo de bicicletas.

Oldich Lomecký, presidente da Câmara de Praga 1, disse ao The Guardian que esta não é uma medida contra os ciclistas, mas que se trata de um “problema de espaço“, já que Praga não tem infraestruturas destinadas inteiramente aos ciclistas, como as ciclovias.

“As faixas para pedestres devem ser para eles, e não para ciclistas. Todos os dias há conflito entre ciclistas e pedestres. Este é o cerne do problema “, justificou o presidente.

Esta medida ainda não foi implementada e já está a dar que falar. Vratislav Filler, da Auto * Mat, uma associação que promove a transporte sustentável na cidade, afirmou não haver dados que suportem esta iniciativa.

“Os dados mostram que 21 pedestres foram atropelados por carros nos últimos 10 anos e apenas três resultaram de acidentes com bicicletas“, explicou, acrescentando que existem cerca de “900 carros por mil habitantes”.

A polémica em torno da medida fez com que fosse criada uma petição, em conjunto com o distrito de Praga 7, que alcançou 400 assinaturas. No entanto, nada aconteceu e a medida poderá mesmo arrancar até maio.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here