Primeira viagem à Europa? 4 opções a considerar

Natalitxu

Gostaria de conhecer a Europa mas não sabe por onde começar? Aqui vamos-lhe mostrar algumas opções para uma primeira visita à Europa, de modo a ficar a conhecer mais do que uma cidade e/ou país de uma só vez.

[toc]

#1 Londres – Paris

Joan Granés Puig

Londres, capital de Inglaterra e a maior área metropolitana do Reino Unido é, sem dúvida, uma cidade a visitar. Banhada pelo rio Tamisa, Londres é uma cidade fantástica onde a cultura e a diversão “andam de mãos dadas”.

Existem várias companhias aéreas com vôos para Londres, incluindo companhias low-cost, que tornam esta viagem bastate acessível.

Chegando a Londres, a rede de metropolitano permitirá-lhe visitar facilmente a grande maioria das atrações da cidade.

Embora seja uma cidade grande, em cerca de 4-5 dias, se planear com antecedência a sua visita, conseguirá visitar uma boa parte dos locais de referência.

É de destacar a famosa Torre de Londres, a Tower Bridge, símbolo de Londres, assim como o Big Ben e as Casas do Parlamento. O Palácio de Buckingham e a Westminster Abbey, são dois ícones da cidade a não perder também.

Alguns museus são gratuitos como o Tate British e o Tate Modern. O Madame Tussaud’s, embora não gratuito, é um dos museus mais fantásticos da cidade.

Para além de museus a cidade apresenta muitos jardins como o Reagent´s Park e o Hyde Park onde poderá parar para descansar um pouco. À noite poderá encontrar muita animação no Piccadilly circus.

Terminando a sua visita a Londres, poderá apanhar no centro de Londres o combóio para Paris (www.tgv-europe.com/, http://www.eurostar.com). Em cerca de 2h15min consegue ir da capital de Inglaterra à capital de França.

Andrew @cubagallery #photography #Lightroom

Em Paris passa o rio Sena e o ícone da cidade é, sem dúvida, a Torre Eiffel. No entanto, existem outras atrações pela cidade.

Dos museus, são de salientar o Louvre e o Musée d’Orsay. O Arco do Triunfo ao cimo da Avenida dos Campos Elíseos com o túmulo ao Soldado Desconhecido, é também um ponto de destaque.

Não deixe de conhecer Montmartre, um bairro pitoresco de poetas, artistas, escritores e músicos. Mesmo junto a este bairro, visite a Basílica do Sacré-Coeur, uma catedral católica que constitui um dos mais notáveis edifícios de Paris.

#2 Londres – Dublin

Hauke Steinberg

Uma vez em Londres pode também aproveitar para ir a Dublin, a capital da Irlanda.

Para tal, pode apanhar o comboio em Londres e após uma confortável viagem de cerca de 3h40min chegará a Holyhead, uma cidade na região norte do País de Gales. Aqui apanha um ferry que o levará a Dublin em cerca de 3h15min (http://www.railtoursireland.com/london.asp).

Dublin é uma cidade situada na região central da Irlanda, junto à costa.

Aqui poderá visitar alguns museus como o Museu Nacional de História e Arqueologia, dedicado às épocas medievais e pré-históricas da Irlanda. A Galeria Nacional situada mesmo no centro de Dublin é um ponto a destacar para os amantes da escultura e da pintura.

A Torre de Dublin e St Patrick’s Cathedral são dois locais imponentes a não perder em Dublin.

Um dos maiores parques do mundos situa-se em Dublin: Phoenix Park. Aqui poderá relaxar um pouco ou mesmo fazer algum desporto.

#3 Bruxelas – Amesterdão

Ed Graham

Bruxelas, capital da Bélgica, é a cidade ideal para umas férias com a família e amigos, ou mesmo com colegas. Há muito a aprender sobre a história da cidade, a arquitetura e mesmo sobre a arte do chocolate.

Manneken-Pis é uma das grandes atrações. Muitos turistas não deixam de tirar uma fotografia ao lado desta famosa estátua de um homem a urinar um jato de água. Aqui perto fica a Grand Place onde, nos anos pares e em meados de agosto, ocorre uma exposição floral em forma de enormes tapetes de flores.

No centro de Bruxelas poderá também encontrar o Museu de Belas Artes, a Catedral de Saint-Jacques-sur-Coudenberg e a Igreja Saint-Jean-Baptiste au Béguinage.

Chegar a Bruxelas é muito fácil. De avião pode voar até ao aeroporto de Bruxelas ou até ao aeroporto Charleroi, sul de Bruxelas. De qualquer ponto da Europa existe uma rede de combóios de alta velocidade que o pode fazer chegar a Bruxelas.

É a partir desta mesma rede de combóios que poderá ir de Bruxelas a Amesterdão em cerca de 2h30(http://www.tgv-europe.com/).

Da.Best

Amesterdão é, sem dúvida, uma cidade extraordinária! Desde os canais que dão um ambiente romântico à cidade até aos museus e vida noturna, esta cidade apresenta uma diversidade de atrações a não perder.

Embora nem sempre solarenga, o melhor meio de transporte é a bicicleta. Amesterdão é uma cidade bastante plana e de bicicleta chegamos facilmente a qualquer lado evitando o trânsito da cidade.

Existem também muitos passeios ao longo dos canais, ótimos para ficar com uma ideia geral da cidade.

Não deixe de visitar a Casa de Anne Frankhuis, casa museu que conta uma história trágica e conhecida mundialmente. O museu de Van Gogh é também fantástico e a não perder!

Na Praça de Dam, no centro de Amesterdão, existem vários edifícios emblemáticos que o permitirão ficar a conhecer melhor a arquitetura da cidade.

#4 Amesterdão – Milão

Friar's Balsam

Viajar de Amesterdão a Milão pode escolher ser feito de 3 maneiras diferentes: avião, combóio ou carro.

É fácil de perceber que a viagem de avião será a mais rápida, cerca de 1h50, e existem algumas companhias aéreas low-cost que fazem com que esta viagem seja acessível.

No entanto, se não gosta de andar de avião e tem tempo, pode apanhar um combóio para Paris e daqui outro para Milão. É uma viagem bastante longa (cerca de11h) mas se tiver um espírito aventureiro, este deverá ser o meio de transporte ideal para si.

Em cerca de 10h50 e sem paragens consegue ir de Amesterdão a Milão. É uma viagem bastante cansativa mas de tiver oportunidade para fazer umas paragens, consegue conhecer outros locais pelo caminho, tornando-se uma viagem bastante interessante.

Uma vez em Milão, há muito para ver. O Palácio real (Palazzo Reale), o Teatro La Scala e as suas magníficas óperas, a Igreja Santa Maria delle Grazie onde poderá vislumbrar a fantástica obra de Leonardo Da Vinci “The Last Supper”.

Uma das maiores igrejas mundo encontra-se em Milão – Duomo. É um dos ícones da cidade e se subir ao telhado poderá apreciar uma agradável vista sobre a cidade.

A não perder também o Planetário, o Aquário e o Museu de História Natural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here