Skye, a maior ilha das Hébridas Interiores

Cláudio Tereso

Skye é a maior das ilhas Hébridas Interiores, que tem ligação à Escócia pela ponte que vai de Kyle of Lochalsh a Kyleakin. Esta ilha de origem vulcânica é dividida por inúmeros braços de mar, que fazem com que esta não esteja afastada do visitante a mais de 8 km.

carregue no play para ver fotos

A norte fica o planalto vulcânico e a sul predominam os verdes prados de pedras calcárias, onde se situam a grande maioria das quintas ocupadas em tempos idos.

Estas quintas tiveram fim devido aos donos da terra terem começado a cobrar, nos finais do séc. XVIII, rendas que os agricultores não podiam suportar levando à sua imigração e consequentemente abandono das terras.

Esta ilha é também conhecida pela história de Bonnie Prince Charlie, o último pretende à coroa dos Stuarts, pois esta foi um dos seus refúgios, de onde teve de fugir vestido de criada de uma senhora chamada Flora.

Aqui pode  visitar, a norte, o túmulo de Flora McDonald, ir até Quiraing ver as magníficas paisagens vulcânicas, ir a Skeabost, onde encontra as ruínas da capela de S. Columba, cujo cemitério ainda tem algumas sepulturas medievais, ou ir até Storr, um planalto de basalto.

A nordeste situa-se o Castelo Dunvegan onde residia o clã MacLeod e mais a sul encontra a destilaria Talisker onde é fabricado o whisky de malte.

Na zona este, situa-se o porto colorido de Portree e a sul da ilha encontra outras atrações como Cuillins, uma bonita extensão montanhosa e a Kilchrist Church, cujo último serviço religioso foi feito em 1843.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here