Vamos kombinar uma visita ao Douro numa carrinha ?

Visitar o Douro numa carrinha “pão de forma”, a icónica Volkswagen ligada ao movimento ‘hippie’, é uma das novas propostas turísticas lançada este ano por uma empresa de Peso da Régua.

Todos os anos surgem novas empresas e ideias ligadas ao turismo no Douro. Nos últimos tempos, o número de visitantes tem subido consecutivamente e a região tem-se preparado com novos projetos, muitos deles relacionados com os meios de transporte pelo território e que vão desde os carros antigos e clássicos aos ‘tuk tuk’ ou jipes.

Nuno Ferreira desistiu de um negócio no Brasil e investiu no Peso da Régua, concelho de onde é natural. Já do outro lado do Atlântico, resolveu trazer as antigas carrinhas Volkswagen T1, que em Portugal são conhecidas como as “pão de forma” e no Brasil como “kombi”, e assim nasceu a empresa Vamos Kombinar?.

“Proporcionamos visitas ao Douro com estas carrinhas, mostramos as quintas, as paisagens, os monumentos e também a gastronomia desta região”, afirmou Nuno Ferreira à agência Lusa.

Neste momento está a operar com duas carinhas, mas no próximo ano já serão quatro. Este foi, segundo o empresário, o “ano zero” para a empresa. Começou a trabalhar só no verão e, por isso, o movimento ainda não foi muito elevado.

“Neste momento já estamos a preparar o próximo ano que, espero, que seja o ano de arranque”, frisou.

Nuno Ferreira considerou estas carrinhas “icónicas”, lembrou que ficaram ligadas ao movimento ‘hippie’ e disse que, atualmente, “já não são muito vistas em Portugal”.

Junto a uma das viaturas, o empresário explicou que este modelo, que possui duas janelas à frente, foi fabricado no Brasil até 1975, a partir dessa data os veículos passaram a ter um só vidro à frente, um modelo mais próximo do alemão.

// Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here