Viajar em 2013: 6 das melhores cidades a visitar

Na passagem de ano perguntamo-nos o que nos esperará no novo ano que se avizinha… Será um ano de muitas aventuras? De muitas viagens? Que novos países e cidades se cruzarão no nosso caminho? Se viajar é o seu hobby, deixamos-lhe aqui 6 das cidades mais emergentes em 2013 e que valerão a pena visitar.

[toc]

#1 Castro, Chile

Paul Campbell

Castro é uma cidade da ilha chilena de Chiloé. É a capital da província de Chiloé na região de Los Lagos. A cidade está localizada em Estero de Castro na costa oriental da ilha de Chiloé central.

Visitar a capital da ilha é agora mais fácil graças a um novo terminal de ferry, à melhoria de estradas e ao recém-inaugurado Aeroporto de Mocopulli. Isolada do continente sul-americano, os Chilotes estão independentes e têm os seus alimentos, arte e arquitetura.

É a própria identidade dos Chilotes que tem sido a atração principal da ilha para os turistas.

#2 Tbilisi, Geórgia

Morten Oddvik

Tbilisi é a capital e a maior cidade da Geórgia, encontrando-se nas margens do rio Kura. A cidade ocupa uma área de 726 km2 e tem cerca de 1.480.000 habitantes.

Historicamente, Tbilisi foi casa de povos de diversas origens culturais, étnicas e religiosas, embora agora a população pertença esmagadoramente à Igreja Oriental ortodoxa.

Quase dez vezes o tamanho de qualquer outra cidade da Geórgia, Tbilisi é onde tudo acontece. Politicamente, culturalmente, economicamente e socialmente, este é o centro do país.

Os locais turísticos a visitar incluem catedrais como Sameba e Sioni, a Praça da liberdade e Avenida Rustaveli, a fortaleza medieval de Narikala e o Museu Nacional Georgiano.

#3 Quito, Equador

Javier Madrigal

Quito é a cidade capital do Equador e, a uma altitude de 9350 metros, é a capital mais alta do mundo. Está localizada no centro-norte do Equador na bacia do rio Guayllabamba nas inclinações orientais do Pichincha, um vulcão ativo na Cordilheira dos Andes.

Foi fundada em 1534 sobre as ruínas de uma antiga cidade Inca e foi a primeira cidade a ser nomeado pela UNESCO Património Mundial em 1978 (juntamente com Cracóvia, na Polónia).

Em 2012, uma via férrea renovada interligará Quito aos picos andinos do Equador e a portos do litoral facilitando o acesso à cidade, de modo que são esperados muitos turistas neste novo ano que se aproxima.

O centro histórico de Quito está localizado no centro sul da capital e é considerado uma das mais importantes zonas históricas da América do Sul, com cerca de 130 edifícios monumentais e 5000 Propriedades.

#4 Mount Maunganui, Nova Zelândia

Chris Angle

Mount Maunganui é uma cidade na Baía de Plenty, na Nova Zelândia, localizada numa península a norte de Tauranga.
Mount Maunganui é também o nome do extinto cone vulcânico que se eleva acima da cidade, que agora é conhecido pelo seu nome maori Mauao, mas é conhecido popularmente na Nova Zelândia simplesmente como The Mount.

É famosa pelas suas belas praias e pelo recife artificial de surf, aberto em 2005. Este recife foi construído para produzir rapidamente ondas e tubos, adequadas para surfistas experientes.

Como convém a uma cidade resort à beira-mar, Mount Maunganui tem uma matriz animada de cafés, restaurantes e lojas, bem como piscinas aquecidas de água salgada.

Existem muitas atividades de ar livre, como a pesca, passeios para observação de golfinhos e mergulho.

#5 Košice, Eslováquia

Dan

Košice é uma cidade no leste da Eslováquia, situada no Rio Hornád. Com uma população de aproximadamente 240000, Košice é a segunda maior cidade da Eslováquia.

Sendo o centro económico e cultural do leste da Eslováquia, Košice apresenta três universidades, várias dioceses e muitos museus, galerias e teatros. A cidade tem ligações ferroviárias e um aeroporto internacional.

A cidade tem um centro histórico bem preservado. Há muitos edifícios de património protegido de estilo gótico, renascentista, barroco e Art Nouveau, com a maior igreja da Eslováquia, o St. Elisabeth Cathedral.

Em 2013, Košice, em conjunto com o Marselha, em França, será a Capital Europeia da cultura.

Uma impressionante variedade de talentos do mundo do cinema, teatro, dança, arte e literatura passarão nesta cidade, destacando-se o Festival Central de teatros europeus, BAZZART e o Festival Internacional de Jazz.

#6 Todos Santos, México

Jon DeJong

Todos Santos é uma pequena cidade costeira no sopé das montanhas da Sierra de la Laguna, do lado da costa do Pacífico da península da Baja Califórnia. Todos os Santos está localizada muito perto do Trópico de Câncer no município de La Paz. É a segunda maior cidade no município.

Todos os Santos é um oásis no deserto, aninhado entre antigos pomares de mangueiras e de palmeiras, com vistas espetaculares sobre as suas praias de areia branca e o Oceano Pacífico.

Abençoada com o clima mais favorável no Baja Sur, Todos os Santos é um refúgio para artistas, artesãos, surfistas e viajantes que procuram aventura, belezas naturais e um estilo de vida saudável. É aqui que a rica história, antigas tradições e hospitalidade se misturam.

Recentemente selecionado pelo governo mexicano, Todos os Santos será o primeiro membro integrante de mais de 20 cidades mágicas do México chamadas de “Pueblos Mágicos”. Esta designação é conferida a uma cidade que possui significado histórico, cultural e arquitetónico e que reflete o valor exclusivo que oferece à indústria do turismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here