Zugarramurdi – A “cidade das bruxas”

eitbcom

Zugarramurdi é uma vila em Navarra, norte de Espanha, situado a meio caminho entre as montanhas de Navarra e o mar Cantábrico, no coração da região transfronteiriça de Xareta, a cerca de 80 quilómetros da cidade de Pamplona.

carregue no play para ver fotos

Localizada na área conhecida como “Los Pyrénées-Atlantiques”, a paisagem oferece o verde dos prados e a gama de verde, ocre e avermelhada das florestas de faias e samambaias. Muitos são, que vêm contemplar estas paisagens no outono.

Apesar de ter quase duas centenas de habitantes é um lugar muito calmo, que guarda histórias sobre a perseguição às bruxas no século XVII.

Em 1610 a Inquisição Católica chegou ao local e pediu que as supostas pessoas que praticavam bruxaria fossem identificadas.

Como resultado 53 pessoas foram processadas, 21 foram perdoados, 21 presas por pequenas infrações e 11 condenadas à morte na fogueira. Esse facto é o que faz famosa a Zugarramurdi, que ainda hoje continua a causar controvérsia e discussão.

Atraídos por esta história e lendas que surgiram com ela, durante cada ano milhares de visitantes vão conhecer a “cidade das bruxas”.

As duas principais atrações do lugar são a caverna das Bruxas (“Sorginen Leizea”) e o Museu das Bruxas, onde são guardados documentos e artigos da época de caça de bruxas.

“Sorginen Leizea” constitui um impressionante complexo de superfície cárstica, situado a menos de meio quilómetro da cidade de Zugarramurdi na direção oeste. A cavidade principal foi perfurada por um fluxo de água, ainda hoje, chamado a raça do inferno ou “Infernuko Errota”.

A caverna foi supostamente a cena de atos relacionados com a bruxaria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here