Estádios de futebol da Europa atraem turistas brasileiros (e o mais bonito é em Portugal)

arminrodler / Flickr

Estádio da Luz, casa do S.L.Benfica

Com opções de arte, cultura e compras, Europa tem estado a consolidar-se como destino turístico favorito dos brasileiros. E os estádios de futebol entram cada vez mais nos roteiros dos viajantes.

Viajar para o estrangeiro é um dos principais sonhos de consumo dos brasileiros. É o que revelou uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), realizada em parceria com o portal Meu Bolso Feliz, que trabalha com educação financeira.

De acordo com o estudo, essa é uma prioridade para 15% das pessoas. Por comparação, 12% pretendem viajar pelo Brasil e outros 9%, comprar um carro.

Apesar de os Estados Unidos serem conhecidos como o país que mais atrai turistas brasileiros, principalmente a região da Flórida, a Europa tem se consolidado um dos principais destinos de quem faz viagens internacionais.

Em Portugal, por exemplo, o número de visitantes provenientes do Brasil foi de 870 mil ao longo de 2017, representando um aumento de 39% em relação ao ano anterior.

De acordo com quem trabalha na área de turismo, esse aumento no interesse pelo Velho Mundo tem uma série de razões. Entre elas estão o aumento na quantidade de voos, bem como um maior conhecimento das atrações da região, que, por sua vez, agradam a todos os públicos.

Europa atrai todo o tipo de turistas

Museu do Louvre, Coliseu e Templo da Sagrada Família. Essas atrações, localizadas, respectivamente, em Paris, Roma e Barcelona, estão entre os locais turísticos mais visitados do mundo.

Apesar de haver muitas outras atrações na Europa, estes três focos de atenção pontos mostram algo importante: o ponto forte do turismo pelo Velho Mundo é a cultura. Assim, quem se interessa por cultura tende a preferir a Europa como destino de férias.

Ainda assim, é interessante notar que a Europa é muito mais do que cultura. Por exemplo, cidades como Berlim, Barcelona, Ibiza e Mykonos destacam-se pela vida noturna agitada, que tende a atrair jovens.

Além disso, países como Itália e França atraem habitualmente os entusiastas do turismo gastronómico e enológico. Já os amantes dos desportos de inverno podem aventurar-se nos Alpes Suíços, bem como nas montanhas do norte de Itália.

Apesar de estes serem os roteiros mais tradicionais de quem opta por passar as férias no Velho Mundo, há, ainda, outro grupo de pontos turísticos que tem se popularizado: os estádios de futebol.

Estádios de futebol também são atração

Ano após ano, entusiastas do mundo todo acompanham campeonatos como a Champions League, a Bundesliga (campeonato alemão) e La Liga (campeonato espanhol).

O motivo por trás dessa atenção é o facto de, apesar dos escândalos no futebol europeu, as aquisições de jogadores de topo e a excelência técnica têm feito com que o desporto no velho continente continue a consolidar-se como o melhor do mundo.

Como o futebol é uma paixão nacional no Brasil, não há nada mais natural que o interesse dos turistas do nosso país pelos estádios europeus. Para os clubes desse continente, isso é extremamente interessante, já que as entradas pagas pelos visitantes são uma fonte de renda importante.

Entre todos os estádios abertos aos turistas, um das mais populares é o Camp Nou, casa do Barcelona. Com capacidade para 100 mil espectadores, tem uma estrutura majestosa, que inclui até um museu sobre a história da equipa.

Apesar de afastado do centro da cidade, o acesso é fácil: basta tomar o metro. Muito por causa da enorme imagem do Barcelona a nível mundial, o estádio tornou-se um dos mais importantes pontos turísticos da cidade. Só em 2010, mais de 1,3 milhão de pessoas o visitaram além dos dias de jogos da equipe catalã.

Outro estádio que é considerado lendário pelos fanáticos por futebol é o Stade de France. Localizado em Saint Denis, ao norte de Paris, foi o local que acolheu a lendária partida entre as seleções da França e do Brasil, onde Zinedine Zidane se destacou e ajudou os europeus a conquistarem o título do Mundial de 98.

Do outro lado do Canal da Mancha, há uma arena que atrai também visitantes do mundo todo: o Estádio de Wembley, localizado em Londres.  Além de ter um design interior bastante particular (o vermelho é a cor que domina a decoração), é a sede de uma série de partidas importantes, como a final da Liga Inglesa e da FA Cup.

lloydi / Flickr

Estádio de Wembley, Londres: palco para todo o tipo de espectáculos

Além disso, foi a casa de alguns dos embates das Olimpíadas de Londres (2012) e de duas decisões da Champions League (de 2011 e 2013). Considerado um dos templos desportivos mais famosos do mundo e exemplo de excelência da arquitetura contemporânea, o estádio também é cenário de todo o tipo de espectáculos.

Por mais que a paixão pelo futebol seja o principal fator que faz com que turistas optem por visitar estádios durante suas férias, também há estádios que são conhecidos por serem obras de arte da arquitetura.

É o caso, por exemplo, da Allianz Arena, localizada em Munique. Casa do Bayern de Munique e do Munique 1860, chama a atenção por ter um exterior diferenciado, totalmente branco e com a superfície texturizada. Nos dias de jogo, a estrutura ganha um toque especial e é iluminada com as cores da equipa que joga em casa.

Mas o estádio mais bonito da Europa, segundo uma eleição promovida pelo jornal francês L’Équipe é o Estádio da Luz, o time português Benfica, que conquistou 48% dos votos, contra 17% do Parque dos Príncipes e 9% do Estádio de França.

A “catedral” como é chamado pelos torcedores, é um dos principais pontos turísticos da capital Lisboa e o passeio para conhecê-la é muito procurado por torcedores do time e por turistas de todo mundo. Com capacidade para 65.000 pessoas, é o 21º maior estádio da Europa em termos de capacidade.

Guia de Viagens //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here