Passaporte português é o sétimo mais poderoso do mundo. Japonês lidera o ranking

Portugal ocupa a sétima posição no Henley Passport Index, a tabela que posiciona os passaportes mais poderosos do mundo, de acordo com o número de destinos a que dão acesso sem necessidade de visto prévio. Japão encabeça o índice, sendo o terceiro ano em que o país renova a liderança.

Segundo noticiou o Expresso, a Ásia domina o pódio do índice – que se baseia em dados da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) -, com a Singapura em segundo lugar, seguida da Coreia do Sul, que empata com a Alemanha. O passaporte japonês abre portas a 191 destinos, o de Singapura a 190 e os da Coreia do Sul e da Alemanha a 189.

Portugal aparece em sétimo, com a Suíça, a Holanda, a Irlanda e a Áustria, cujos passaportes a permitirem a entrada em 185 países. A Finlândia está em quarto (acesso a 188 destinos), a Espanha, o Luxemburgo e a Dinamarca em quinto (187) e a Suécia e a França em sexto (186). Os EUA, o Reino Unido, a Noruega, a Grécia e a Bélgica em oitavo.

Os Emirados Árabes Unidos destacam-se pela subida de 47 posições na última década, ocupando agora a 18.ª posição. O Afeganistão permanece no último lugar, dando acesso a apenas 26 destinos no mundo.

Em comunicado, Christian H. Kaelin, presidente da Henley & Partners, frisou a crescente disparidade no que toca à liberdade de viajar: “A análise dos nossos dados históricos revela que a extraordinária diferença de mobilidade global é a mais acentuada desde o início do índice em 2006”.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here