Passaporte português é um dos mais poderosos do mundo

O passaporte português é considerado como o quinto mais poderoso do mundo. Nos últimos anos serviu de porta de entrada para quase 185 países e é tão poderoso quanto um passaporte com o carimbo da Áustria ou da Holanda.

De acordo com a lista agora divulgada pela Henley & Partners – empresa que analisa a nível mundial este documento e que é considerada como a que atribui a classificação mais rigorosa -, Portugal mantém a mesma posição em que se encontrava em 2008 e 2009. Neste momento, quem tiver passaporte português precisa de visto antecipado para 41 países, como Angola, Cuba, Índia, Rússia, Arábia Saudita ou Azerbaijão.

Mas o passaporte mais poderoso é o japonês que dá acesso a 190 países. O mesmo acontece com o de Singapura. A Coreia do Sul, a Finlândia e a Alemanha estão no segundo lugar ao permitirem acesso a 188 países sem visto antecipado.

Há depois a Dinamarca, Itália e Luxemburgo que dão acesso a 187 e, em quarto lugar, estão França, Espanha e Suécia com 186 países.

Há cinco anos, os EUA e o Reino Unido encabeçavam esta lista, mas estão agora em sexto lugar, a posição mais baixa desde 2010. A maior subida é a dos Emirados Árabes Unidos, que galgou cinco lugares e está em 15º.

Em último lugar está o Afeganistão, cujo passaporte apenas dá para entrar em 25 países. Com o documento iraquiano pode aceder-se diretamente a 27 e com o da Síria a 29.

O ranking da Henley & Partners avalia a cada trimestre a liberdade de circulação de quase 200 passaportes, sendo que os cidadãos luxemburgueses podem entrar em 187 países sem visto, mais um país que no trimestre anterior.

O ranking baseia-se em dados exclusivos da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) que, segundo a empresa de consultoria, mantém o maior e mais preciso banco de daods de informações de viagens do mundo.

ZAP //

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here