Última residência do czar Nicolau II reabre portas este verão

O Palácio de Alexandre, na Rússia, vai reabrir ao público este verão, depois ter sido sujeito a obras de remodelação profundas durante oito anos.

O Palácio de Alexandre, a última residência do czar Nicolau II antes de este e a sua família terem sido assassinados pelos bolcheviques, vai reabrir ao público este verão, depois das obras de remodelação, avança a AFP.

O palácio, considerado um dos melhores trabalhos do arquiteto italiano Giacomo Quarenghi, está localizado a poucos quilómetros de São Petersburgo e foi construído no final do século XVIII para o futuro czar Alexandre I.

O local encontra-se sob um programa de renovação desde 2012 e foi totalmente fechado ao público três anos depois. No início do verão, entre junho ou julho, oito salas restauradas vão ser inauguradas, entre as quais os aposentos do czar e czarina, disse um representante do Tsarskoe Selo State Museum à mesma agência.

Foi a partir do Palácio de Alexandre que o czar e a sua família foram enviados para o exílio em Tobolsk, na Sibéria, em agosto de 1917. Posteriormente, foram transferidos para Yekaterinburg, onde foram executados.

No ano passado, a Netflix lançou uma série documental sobre a história de Nicolau II e a sua família, que acabou por ditar o fim da dinastia de 300 anos dos Romanov e a queda do Império Russo.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here