Abriu na Croácia o primeiro Museu das Ressacas do mundo

Museum of Hangovers / Instagram

O Museu das Ressacas, o primeiro do género no mundo, localiza-se no número 8 da rua Preradovićeva, em Zagreb, Croácia, e recria um “regresso a casa embriagado depois de uma saída à noite”.

A ideia surgiu quando Rino Dubokovic e os amigos estavam a trocar histórias engraçadas de ressacas quando um deles recordou o dia em que acordou com o pedal de uma bicicleta no bolso. “Estava a ouvi-lo e a pensar: porque não criar um espaço, um museu, com uma coleção de objectos e histórias, que ilustrasse, de uma maneira engraçada, as noites de embriaguez e de ressaca no dia seguinte?”, contou o estudante universitário, em declarações à AFP.

Seis meses depois, abriu-se o Museu das Ressacas, a 1 de dezembro . A visita começa numa “rua” coberta de grafitis, percorre os “espelhos” das montras das lojas, passa pelo “jardim” e termina num “quarto” desarrumado, com um cinzeiro repleto de pontas de cigarros.

À entrada, é oferecido um gole de rakija, o licor tradicional dos Balcãs. Há ainda a oportunidade de entrar no museu de graça: basta usar óculos que simulam visão desfocada e acertar no centro do alvo de um jogo de dardos. Para quem falhar, a entrada custa 30 kunas (cerca de 4€).

Cada sala apresenta diferentes objetos “com que as pessoas acordaram sem saberem de onde os tiraram”, contou à AFP Roberta Mikelic, de 24 anos, que fundou o espaço com o namorado, Rino. Há um sinal de trânsito STOP e um vaso com uma planta de plástico, assim como uma série de histórias recolhidas pelo mundo e impressas nas paredes ou em expositores.

We have our board filled daily with heaps of interesting "I woke up with.." stories. What's your "I woke up with"…

Publicado por Museum of Hangovers em Terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Para já, o museu foca-se apenas nas memórias engraçadas e caricatas, em vez do lado negro dos efeitos do consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Porém, o casal garante que há planos para um “quarto escuro”, onde os visitantes serão alertados para os riscos do alcoolismo.

O Museu das Ressacas é ainda “um teste de conceito”, disse Rino Dobokovic, em declarações à CNN. Agora, o casal espera conseguir financiamento adicional para transformar o Museu das Ressacas num espaço maior e permanente.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here