No México, há tacos grátis para pessoas com telemóveis Huawei

Na sequência de preocupações crescentes sobre as consequências que recairão sobre a Huawei com o possível colapso com a Google, como resultado dos novos regulamentos dos EUA, duas lojas no México foram solidárias com os clientes proprietários de dispositivos dessa marca.

Assim, Taqueria Tachitos, um restaurante localizado na Cidade do México, com um pedido mínimo de 60 pesos (equivalente a 2,74 euros), oferece uma ordem gratuita de tacos al pastor se o cliente tiver um telefone Huawei. A promoção foi divulgada através do Facebook com o comentário: “Taquería Tachitos entende a sua dor”.

Outro local, localizado em Ecatepec de Morelos, também através de redes sociais comunicou a sua decisão de oferecer asas de frango aos proprietários de telemóveis Huawei na compra de um pacote.

No México, a quota da fabricante chinesa ficou em 8,33% em abril de 2018, mas após um ano o índice subiu para 11,43%. Assim, em abril passado, a Huawei tinha 10,7 milhões de proprietários naquele país.

Donald Trump, presidente dos EUA, anunciou o bloqueio à empresa chinesa Huawei por considerar que a marca espia os seus clientes e oferece essa informação ao governo chinês. Milhares de utilizadores a nível mundial encontram-se com um futuro incerto em relação aos seus telemóveis uma vez que a Google anunciou que já não proporcionaria o seu software Android à empresa.

No Reino Unido, os consumidores britânicos estão a trocar os smartphones Huawei em números cada vez maiores. No Japão e no Taiwan, as operadoras pararam de aceitar pedidos antecipados de modelos de smartphones mais novos.

Ignorando as sanções, a Huawei cumpriu o calendário e revelou novos modelos de telemóveis da marca Honor em Londres. A Huawei confirmou ainda que já está a trabalhar num sistema operativo próprio da marca que será lançado na China em 2019 e internacionalmente no ano seguinte.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here