Bornholm – a “Pérola do Báltico”, na Dinamarca

Bornholm

Dave Verwer

A ilha de Bornholm situa-se em pleno coração do mar Báltico, a leste da Dinamarca, a sul da costa da Suécia e a norte da costa da Polónia. Bornholm é uma ilha calma, sossegada, excêntrica, única, com praias de areia branca, falésias, vegetação exuberante, sendo por muitos considerada a “Pérola do Báltico”.

carregue no play para ver fotos

A ilha conserva vestígios do neolítico, das ruínas medievais, memórias da ocupação nazi e resquícios dos bombardeamentos das forças soviéticas.

Provém de atividade vulcânica ocorrida há mais de 1700 milhões de anos e é a rocha visível, mais antiga do mundo.

Bornholm possui um dialeto pouco usado hoje em dia pelos jovens bem como uma bandeira própria, mas não é reconhecida pela Dinamarca.

Apesar de o norte da Europa ser conhecido por longos períodos de neve e frio, Bornholm, tem um microclima moderado que lhe permite ter imensos dias de sol.

A economia da ilha vive essencialmente do turismo, pesca e agricultura. Apesar de ser o turismo a proporcionar o maior rendimento da economia, aqui a mão do homem pouco ou nada alterou a natureza.

Ao passear pela ilha, é indispensável uma visita à zona norte, onde se encontra o edifício Castelo Hammerhus, um edifício do século XII, o qual foi residência do arcebispo de Lund. Este castelo foi disputado por inúmeros reis que ocuparam esta região durante 500 anos, altura em que foi abandonado, por volta de 1746.

Atualmente são as maiores ruínas do norte da Europa, ideais para meditar e admirar sem preocupações o tempo, e apreciar a magnífica e perfeita fusão do mar com a montanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here