Dicas de hotéis: 15 para tirar o MÁXIMO partido das suas férias!

Foto de piscina de hotel com espreguiçadeiras azuis e palmeiras à volta.

Gaspar Serrano

Neste artigo vamos partilhar consigo 15 dicas de hotéis para que tire o melhor partido da sua estadia. Inúmeras questões surgem durante as nossas férias de modo que estas dicas irão ajuda-lo a melhorar a experiência da sua viagem.

[toc]

Na grande maioria dos hotéis, especialmente nos das categorias de quatro e cinco estrelas, não existirão muitas questões que nos deixarão desconfortáveis.

Foto de quarto de hotel iluminado com laranjas e paredes brancas.

Sofitel So Mauritius Bel Ombre

No entanto ficará surpreendido com certos pormenores referidos nestas dicas de hotéis, que são normalmente deixados ao acaso.

Questões como a chegada, cofres, segurança no quarto, a interação com os locais, e até gorjetas e elevadores.

Sim, são muitas questões a gerir.

E por isso deixamos-lhe aqui algumas dicas de hotéis que deverá conhecer para evitar situações mais desconfortáveis.

Depois deixe-nos a sua opinião com um comentário.

#1 Fotocopie documentos pessoais

Antes de seguir viagem fotocopie, frente e verso, todos os documentos pessoais, sejam cartões de crédito, bilhetes de avião, passaportes e outros documentos que considere importantes.

Joias e malas, fotografe-as, antes da viagem.

#2 Negoceie preços

Se pretende ficar num hotel específico e por uma duração prolongada, utilize esses argumentos a seu favor. Negoceie os melhores preços possíveis.

Não é preciso ser muito insistente, basta só que consiga obter preços melhores do que os preços normais ao balcão, ou para empresas.

#3 Vigie a sua bagagem

Quando chegar ao hotel, independentemente se veio num táxi ou num autocarro, verifique a sua bagagem. Não a perca de vista.

É nestas situações que a grande maioria dos infortúnios acontece, já que pessoas com más intenções aproveitam estes momentos de distração para conseguir levar algo que não deveriam.

#4 O cofre

Se o hotel tiver um cofre no quarto e você tiver artigos de valor, recomendamos que o utilize para os guardar.

Contudo, existe uma série de precauções que deverá ter quando os utilizar.

Por exemplo, se o cofre for eletrónico, limpe as teclas com um pano húmido e depois seque-as, antes de colocar a sua combinação. E tente fazer isto, sempre que colocar a combinação no cofre.

Depois, quando for fechar o cofre, feche-o firmemente. Verifique se fica bem fechado.

Pressione também outras teclas que não fazem parte da combinação. Isto, no entanto, poderá despoletar um pequeno alarme que pára rapidamente, e portanto dificilmente alguém irá prestar atenção.

São questões importantes, já que alguns hotéis descobriram que os seus funcionários colocavam resíduos de óleo e pó nas teclas, para perceberem que teclas foram pressionadas.

Tratava-se de um truque para abrir o cofre, e daí tirar apenas 1 ou 2 euros do quarto. Assim dificilmente alguém notaria.

Claro que é pouco dinheiro, mas num hotel com 400 ou 500 quartos isto poderá revelar-se numa quantia relevante.

Se possível, coloque num recibo por escrito todos os valores que coloca no cofre e confirme se o seguro do hotel irá cobrir as despesas, se algum dos seus pertences forem roubados.

#5 Se for trabalhar no quarto

Se o seu objetivo for ficar a trabalhar no quarto, peça para ficar num quarto longe dos elevadores, zonas públicas, e da área da piscina.

Se não, arrisca-se a ficar com todo o ruído da piscina a importunar o seu trabalho.

#6 No quarto

Nunca deixe objetos de valor em sacos fáceis de abrir ou bolsos, mesmo que fechados. Isto evita que alguém possa simplesmente rasgar o bolso com uma faca para remover o seu conteúdo.

Evite ao máximo convidar alguém que você não conheça para dentro do seu quarto, e antes de ir dormir verifique se a porta está bem fechada.

#7 Não abra a porta a estranhos

Mantenha sempre a porta fechada e trancada, e nunca a abra sem conhecer quem está a pedir para entrar.

Se verificar que alguém lhe quer entregar um pedido que não fez, ou serviço de quartos ou reparações, telefone de imediato para a receção.

#8 Se o hotel estiver completo

Se tiver uma reserva confirmada mas o hotel informa-lo que está completo, não facilite. Não deixe passar algumas questões a que tem direito.

Peça um telefonema de longa distância para notificar a sua empresa e família, e depois transporte gratuito para um hotel perto e que tenha o mesmo nível.

#9 Se perder a chave

Faça todos os possíveis para avisar na receção o mais depressa possível.

Confirme que ao lhe darem um novo cartão, o anterior deixará de funcionar.

#10 Quando pedir ajuda evite perguntas negativas e genéricas

É importante que ao fazer uma pergunta, ajuda a pessoa a quem a faz, de modo a esta o ajudar a si.

Quando o fizer focalize-se no que você gosta, evitando frases negativas e genéricas, que não são grande ajuda. Estamos a falar de qualquer coisa como “Onde devo comer? Eu não gosto de peixe, nem gosto de carne, nem de comida chinesa…”.

Se alguém lhe fizesse essa pergunta, deverá concordar que não seria fácil de responder.

Terá melhores resultados numa abordagem mais positiva, ao revelar as suas preferências, como “eu gosto da cozinha francesa, mas hoje está a apetecer-me algo mais italiano”.

Evite também perguntas demasiado abrangentes, como por exemplo, “Vou estar por cá durante duas semanas e nunca cá estive. O que deverei ver e fazer?”. Faça primeiro o seu trabalho de casa estudando o local onde vai, e assim irá perceber melhor o que irá gostar de ver.

#11 Mantenha expectativas realistas

Num hotel médio de classe turística só poderá esperar o básico em termos de atendimento.

Claro que deverá ser suficiente para lhe mostrar alguma coisa no mapa, fazer uma marcação num restaurante normal, ajuda-lo a reservar um passeio ou o transporte para o aeroporto, ou escrever-lhe num papel qual o seu destino para mostrar ao táxi.

Repare que não é fora do comum os restaurantes influenciarem as recomendações dos rececionistas em troca de comida gratuita. No entanto, nos melhores hóteis existem linhas de orientação para evitar que estas influências aconteçam.

#12 Seja paciente

Dê tempo ao tempo, para que o seu pedido seja realizado. Não espere que todos os seus pedidos tenham atenção imediata.

Mesmo num hotel de luxo, existem se calhar dois ou três rececionistas de serviço para centenas de clientes.

E se tiver mesmo pressa, ou por outro lado deseja conversar mais demoradamente com o rececionista, evite os períodos de maior azáfama.

Escolha alturas do dia, como entre o meio-dia e as quatro horas, e entre as oito horas e dez da noite, e caso seja um pedido mais complicado deixe o número de telemóvel ou peça para que seja deixada uma mensagem no quarto.

Durante a manhã é o maior período de azáfama, onde existe uma maior afluência de check-out‘s, e quando os viajantes de negócios precisam de maior assistência. Também ao fim da tarde e início da noite, aquando do check-in e quando os clientes querem fazer reservas para o jantar.

#13 Quando sair do quarto

Certifique-se que a porta do quarto fique bem fechada.

Para além disso, considere deixar a televisão ou o rádio ligados quando sair do quarto e evite deixar o sinal “necessário serviço de limpeza” na sua porta, já que assim sinaliza que não está ninguém no quarto.

Leve consigo o mínimo de dinheiro consigo, e talvez algum à parte para não ter que dar tudo a eventuais ladrões. A mesma coisa para cartões de crédito e cheques, deixe-os em bolsos separados.

Use o mínimo de joias possível.

Quando sair, aproveite para perceber ao máximo onde estão as saídas de emergência, elevadores e telefones públicos.

#14 Seja doseado com as gorjetas

Para garantias de obter um melhor serviço dê metade da gorjeta quando peda o serviço, e a restante metade após o seu pedido ser satisfeito.

Mantenha presente que, se os colaboradores souberem que você é generoso no que diz respeito às gorjetas, eles vão-se esforçar um pouco mais para garantir que você recebe o que deseja.

Mas baseie sempre a gratificação na complexidade e demora do que está a pedir. Se forem coisas simples e que estejam à distância de um telefonema, como a marcação de um táxi, bastará poucos euros, mas para recomendações que necessitem discussão e opinião, ou planeamento de um itinerário, aí abra os cordões à bolsa e dê um pouco mais.

#15 Cuidado com os elevadores

Nos elevadores tente sempre viajar acompanhado e escolha em último lugar os botões do seu andar.

Mantenha-se de costas junto às paredes e de preferência, junto ao painel dos botões. Caso algo aconteça de errado, carregue no máximo de botões possível.

Faltará alguma?

O que achou deste artigo? Deixe-nos a sua opinião. E se faltar alguma dica de hotéis diga-nos qual. Partilhe-o com toda a gente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here