Empresa japonesa oferece estadias para evitar “divórcios por coronavírus”

Uma startup japonesa de aluguer de casas a curto prazo está a oferecer estadias a pessoas casadas, visando prevenir o número de divórcios causados pela pandemia de covid-19, que nasceu em dezembro passado na China.

A empresa Kasoku, que tem cerca de 500 casas em todo o país, principalmente no centro de Tóquio, está a oferecer acomodações a maridos ou esposas que fiquem cansados de ficarem em casa com os seus respetivos cônjuges.

Estas estadias servem, na prática, como uma espécie de “escape” para maridos ou esposas que queiram passar algum tempo longe dos seus parceiros, evitando assim que a pandemia que levou ao confinamento nas habitações culmine em divórcio.

O portal Nikkei Asian Review, que avança a notícia, frisa ainda que as restrições sociais e o isolamento domiciliário está a fazer com que os casais passem mais tempo juntos, situação que faz aumentar os conflitos domésticos.

Antes de pensar em divórcio, consultem-nos“, apela a empresa aos cidadãos do Japão que se encontrarem nesta situação.

“Não temos dados sólidos que mostrem que o número de divórcios está a aumentar aqui, mas depois de ler em alguns média que o regime de isolamento causou um aumento de divórcios na China e na Rússia, decidimos criar esse serviço”, disse Kosuke Amano, um representante da empresa japonesa, citado pela agência noticiosa AFP.

A empresa lançou a campanha no início de abril, quando a hastag “divórcio-corona” se tornou popular na rede social Twitter no Japão.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here