Sapatos vermelhos de Bento XVI podem ser vistos em museu espanhol

sapatos_vermelhos_bento16
EFE

Os populares sapatos vermelhos utilizados por Bento XVI durante o seu pontificado foram doados à Ordem Hospitalar São João de Deus e podem ser vistos no museu “Casa dos Pisa”, em Granada, em Espanha. Depois da sua renúncia ao pontificado, Bento XVI doou os sapatos como agradecimento ao Diretor da Farmácia do Vaticano e membro da Ordem Hospitalar São João de Deus, Rafael Cenizo.

O museu “Casa dos Pisa” conta com inúmeros objetos pessoais de Papas anteriores, aos quais se juntam agora os populares sapatos de Bento XVI.

Foi Bento XVI que recuperou a tradição de usar os sapatos vermelhos, como símbolo do poder papal e do sangue derramado pelos mártires da fé. O atual Papa Francisco renunciou a este tipo de sapatos, tal como havia feito João Paulo II.

sapatos_vermelhos_bento16_granada

Os sapatos vermelhos que se juntam ao acervo do museu de Granada, “Casa dos Pisa”, são um dos símbolos mais emblemáticos do pontificado de Bento XVI e foram criados artesanalmente em Roma por Adriano Stefanelli.

Este museu conta com um espólio bibliográfico e documental de grande valor, para além de contar com coleções artísticas, a maioria dos séculos XVI ao XX.

O ano passado o museu Casa dos Pisa recebeu mais de 38.800 visitas, um aumento de 40% em relação ao ano de 2011.

Informações acerca do museu “Casa dos Pisa”:

Horário: de segunda-feira a sábado das 10:00h às 14:00h.
Entrada: 3 €

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here