Cidade do México pondera celebrar o Dia dos Mortos virtualmente

A Cidade do México pondera celebrar o habitual desfile do Dia dos Mortos, celebrado a 2 de novembro, virtualmente devido à pandemia de covid-19.

Em declarações aos média locais, a diretora do Fundo de Promoção Turística da Cidade, Paola Félix Díaz, disse que esta é uma das opções em cima da mesa para realizar o evento, observando que no desfile do ano passado compareceram mais de 2 milhões de pessoas, tendo a celebração também sido transmitida ao vivo.

Félix Díaz sublinhou que este símbolo nacional representa uma oportunidade de prestar homenagem às pessoas que morreram na sequência da covid-19, sendo simultaneamente “um lembrete de todas as tradições que não podem ser travadas”.

“No final, o importante será mudar o que é este grande desfile na Cidade do México, que gera impactos muito significativos a nível internacional”, defendeu.

A transmissão virtual é apenas uma das hipóteses que estão a ser estudadas pelas autoridades. O México considera também drive-ins ou passeios de carro para celebrar a festividade, que todos os anos leva milhares de turistas à cidade.

A pandemia de covid-19 não parece dar tréguas em território mexicano, que atingiu esta quinta-feira mais de 40.000 vítimas mortais. O Presidente mexicano tem desvalorizou a importância do uso de máscara para conter o vírus.

“Se a máscara fosse uma opção para a reativação da economia, passaria a usá-la imediatamente”, disse López Obrador, citado pela agência Associated Press. “Mas não é assim. Sigo as recomendações dos médicos, dos cientistas”, acrescentou o governante.

// ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here